Teorema de Fernanda #1: do dedinho do pé e das amígdalas

Penso que o dedinho do pé equivale às amigdalas. Explico.

O dedinho do seu pé é o dedo que mais atrai quinas de parede, pernas de mesas e cadeiras e toda sorte de objetos nos quais você possa topar ou tropeçar. E dói para caramba.

Quem sofre das amigdalas sabe o que é sentir dor  sempre que as danadas inflamam. E isso acontece a cada longa exposição a vento noturno, chuva ainda que fraca ou um uso prolongado das cordas vocais.

Pois é. Além da facilidade de nos fazerem sofrer e sentir dor, há outra semelhança entre eles.

O dedinho do pé é fundamental para o equilíbrio. Quando você acabar de ler, ande e observe que você “pisa primeiro” com o dedinho do pé. Se você arrancar o dedinho do pé, ficará livre das topadas desagradáveis, mas sentirá falta dele na hora de andar com garbo e elegância.

As amigdalas trazem o mesmo dilema. Se você tirá-las, não será uma vítima das dores constantes. Mas também adquire outras coisinhas (menos dolorosas, é verdade), como uma tosse de cachorro seca.

E aí? Qual sua escolha?

Você também pode gostar de ler isso aqui

1 Comment

  1. ->“pisa primeiro” com o dedinho do pé.
    Andar correctamente, saber andar, tem tanto de arte como de ciencia. Os Karatekas são eximios nesta arte, são decadas de treino nos incontaveis detalhes de “por o pe no chão.”

    Um amigo meu partiu o tornozelo, quando fui visita-lo ao hospital estavam la um montão de mulheres que tinham quebrado o tornozelo por andar de salto alto.

    Em conclusão, a primeira parte do pe a contactar com o chão quando damos 1 passo deve ser a parte do 腰 (Koshi) imediatamente atras do dedão grande e não o mindinho.

    “Tirar o pe do chão” como diz a Ivete é a parte facil, as pessoas tendem a magoar-se quando voltam a por “os pes acentes na terra”.

    Gostei da parte da “tosse de cachoro”, o meu pai tirou as amigdalas quando eu era pequeno e so hoje ao ler este post percebi porque ele tosse daquela maneira. hehehe

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>